Club de Piratininga

PAUL PERCY HARRIS,O FUNDADOR DO ROTARY INTERNATIONAL

Paul Percy Harris nasceu em 19 de abril de 1868 em Racine, Wisconsin, nos Estados Unidos, ao norte de Chicago. Foi o segundo dos 6 filhos de George N. Harris e Cornelia Bryan Harris. Por problemas financeiros, aos dois anos foi morar, juntamente com seu irmão Cecil, então com 5 anos, com seus avós paternos Howard e Pamela Harris, na cidade de Wallingford, no Estado de Vermont, nos Estados Unidos.

Foi aí que praticamente começou o direcionamento da vida de Paul Harris, como ele mesmo recorda em suas memórias "Meu Caminho para Rotary": “ Eu tive o privilégio de viver em um lar estável, onde não faltava nada e nada era excessivo; onde os ideais eram os mais elevados e a educação era o objetivo supremo.” Esta visão em direção à educação o levou às Universidades de Iowa, onde se formou advogado e obteve o título de doutor honorário na Universidade de Vermont.

Ao receber o seu diploma, Paul decidiu que passaria cinco anos conhecendo o mundo antes de se dedicar à sua nova profissão de advogado. Foi neste tempo que trabalhou como repórter de jornal, professor de economia, ator de teatro e cowboy. Fez também inúmeras viagens pelos Estados Unidos e Europa como representante de uma companhia de mármores e granitos.

Finalmente, em 1896 decidiu advogar em Chicago. O ambiente da cidade era difícil, com muita imoralidade, Incêndios fraudulentos, e falências, melhorando em 1900 com o fechamento das casas de jogos e tavernas, com a Promulgação da Lei Federal de Falências e a segregação da prostituição. Foi advogado durante 32 anos, membro do Colégio de Advogados do Estado de Illinois, do Colégio Americano de Advogados e Presidente da Comissão de Ética Profissional do Colégio de Advogados de Chicago. Em um dia no outono de 1900, Paul P. Harris se encontrou com o advogado Bob Frank para jantar em um luxuoso bairro no norte de Chicago. Eles saíram para uma caminhada parando em algumas lojas no caminho. Harris ficou impressionado com a maneira como Frank tinha feito amizades com muitos dos vendedores.

Desde que se mudara para Chicago para abrir seu escritório de advocacia, Harris não havia encontrado a mesma Camaradagem que Frank tinha com seus colegas empresários, e naquele momento começou a pensar em como encontrar esse tipo de companheirismo que o lembrava da cidade em que ele havia crescido na Nova Inglaterra. Em 23 de fevereiro de 1905 Paul Harris, juntamente com outros três homens de negócios: Silvester Schiele, comerciante de carvão, Gustavus Loehr, engenheiro de minas e Hiram Shorey, alfaiate, reuniram-se no Edifício Unity, na N orth Deaborn Street, 127, 7º andar formando o primeiro clube. O primeiro Presidente foi Silvester Schiele. O clube recebeu o nome de “Rotary” devido ao fato de que seus sócios se reuniam em rodízio nos respectivos locais de trabalho, em um sistema de rodízio. Seu quadro associativo cresceu rapidamente. Em 1907 surgiu o primeiro projeto comunitário: a instalação do primeiro sanitário público da cidade de Chicago, localizado perto da Prefeitura.

Em 1910 foi realizada a primeira Convenção, congregando se os clubes na Associação Nacional de Rotary Clubs. Paul Harris foi eleito Presidente da Associação. Nessa Convenção, por proposição de Arthur Frederik Scheldon, professor de marketing, foi adotado o lema: “mais se beneficia quem melhor serve seus companheiros”. Paul conheceu a sua futura esposa Jean Thompson em 1910 durante um passeio organizado pelo Prairie Club of Chicago, um grupo de amadores de atividades ao ar livre que ele ajudou a formar. Paul e Jean casaram-se em julho Daquele mesmo ano e dois anos mais tarde Paul construiu uma casa com vista para o campo onde eles se encontra ram pela primeira vez. A casa recebeu o nome de Comely Bank, o mesmo nome da rua onde Jean morou em sua infância, em Edimburgo, na Escócia. Paul e Jean não tiveram filhos.

Na 2ª Convenção, em Portland, Oregon, no ano de 1911, Paulo foi reeleito, dedicando-se ao desenvolvimento e expansão. Aprovou-se a proposta de Benjamin Franklin Collins, adotando-se o lema: “Servir, porém não a si próprio. Somente 40 anos depois, na Convenção de 1950, em Detroit, Michigan, EUA, foram oficialmente designados os lemas: “Mais se beneficia quem melhor serve” e “Dar de si antes de pensar em si”. O primeiro Rotary Club fora dos Estados Unidos foi fundado em 1911 em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Nesse ano Nasceu a “The National Rotarian” publicação precursora da revista "The Rotarian".

Na Convenção de Duluth, Minnesota, em 1912, o nome foi mudado para Associação Internacional de Rotary Clubes, e encurtado em1922 para Rotary International.

Os Harris viajaram pelo mundo promovendo Rotary, sempre reconhecido como personalidade mundial, destacada, tendo recebido inúmeras condecorações. No Brasil, em 1942, recebeu do Presidente Getúlio Vargas, a “Ordem do Cruzeiro do Sul.

Paul faleceu em Comely Bank em 27 de janeiro de 1947 com 79 anos e foi enterrado no cemitério Mount Hope, nos arredores de Blue Island, perto da sepultura de seu velho amigo Silvester Schiele. Após a morte de Paul, Jean retornou à Escócia, sua terra natal, onde faleceu em 1963, com 82 anos. Em "Meu Caminho para Rotary", Paul atribui os valores nele incutidos por seus avós e vizinhos, a base que o levou à concepção de Rotary:

O Rotary nasceu do espírito de tolerância, boa fé e serviço, qualidades Características de meus familiares e companheiros de infância na Nova Inglaterra. Tenho tentado transmitir minha fé nesses valores a outros Seres humanos, com a mesma intensidade com que ela brilha dentro de mim”.


Notícias do Clube

“Caçador de Poetas”, abre espaço para doença do Alzheimer

A segunda edição do livro escrito por rotarianos “Caçador de Poetas”, que será publicado em Abril de 2019, abrirá espaço para a doença de Alzheimer, em parte da publicação. “Serão 10 páginas dedicada ao tema”, anunciou o editor, o empresário Mário Milani, que esteve na reunião ordinária do Rotary Club de Marília-Pioneiro, no Distrito 4510 do Rotary International, anunciando detalhes sobre a próxima edição que já está em desenvolvimento. “Vamos ter estórias em quadrinhos e a participação dos jovens do Rotaract, com outros textos”, anunciou o empresário que produziu a primeira edição com arrecadação destinada para a The Rotary Foundation. De acordo com o empresário serão produzidos inicialmente mil exemplares compostos por: crônicas, contos, poesias e artigos de rotarianos. Com apoio da Unimed de Marília, um capítulo será dedicado ao programa “Ame seu cérebro”, com textos relacionados a doença de Alzheimer. “A proposta é despertar o interesse pela doença e os devidos cuidados para evita-la”, disse Mário Milani ao lembrar que ler e escrever são excelentes exercícios para se evitar a doença que ataca o cérebro. “Aproximadamente 10 escritores escreverão 10 textos sobre a doença”, planeja o empresário que está visitando os clubes rotários da região para apresentar o projeto e convidar a participação de interessados. Outro detalhe anunciado pelo convidado do Rotary Club de Marília-Pioneiro foi quanto a participação dos jovens que fazem parte do programa Rotaract Club de Marília-Pioneiro. “Eles fizeram um concurso e os vencedores participarão do livro”, anunciou Mário Milani que vem desenvolvendo vários trabalhos em conjunto com os jovens do Rotary Club de Marília-Pioneiro. “Pensamos em fazer uma parte com estórias em quadrinhos, sobre a violência urbana com ênfase nos Recursos Hídricos”, explicou o editor que considera a obra literária como um excelente instrumento de conscientização do trabalho rotário na comunidade, sem contar com o valor da Imagem Pública da organização mundial. Para a presidente do Rotary Club de Marília-Pioneiro, a advogada Angela Cecília Giovanetti Teixeira, o clube sempre apoiou e colaborou com a ação por entender ser algo importante entre os jovens, estudantes e a comunidade literária. “Participamos da edição anterior e participaremos desta também”, anunciou a dirigente rotária local ao escalar associados do clube que gostam de escrever para a produção das crônicas, contos, poesias e artigos. “Participaremos nos três aspectos: sobre o Rotary, sobre a doença de Alzheimer e dos quadrinhos”, completou a presidente do clube rotário mariliense ao parabenizar o editor pela iniciativa em estimular a escrita e a leitura em geral. “São comportamentos que devem ser estimuladas em qualquer fase da vida”, disse a presidente. #Eficaz Comunicação Empresarial Ltda – METelefone:(14) 98137.7189 (Vivo) E-mails: redacao@eficaz.jor.br ou atendimento@eficaz.jor.brSite: www.eficaz.jor.br - Twitter: marciocmedeirosSkype: marciomedeiros8020www.facebook.com/EficazComunicacaoEmpresarial

Postado em 21 de Junho de 2018 por

Conferência Sem Fronteiras reúne mais de 1.350 pessoas

Três países, Dois Distritos e uma só Conferência. Foi com essa proposta, que os Distritos 4630 e 4845 realizaram nos dias 01 e 02 de junho a Conferência Internacional Sem Fronteiras, que recebeu 1.358 participantes no Rafain Palace Hotel & Convention, em Foz do Iguaçu. Argentinos, brasileiros e paraguaios atenderam ao chamado dos governadores anfitriões, Mauro Carvalho Duarte Junior (Distrito 4630) e Pedro Julian Ortiz Paredes (Distrito 4845) e fizeram uma Conferência inédita e brilhante, que teve como Representante do Presidente do Rotary International, Paul Netzel, chair da Fundação Rotária. A Conferência Internacional Sem Fronteiras foi idealizada para reforçar e comemorar a irmandade que existe há 10 anos entre os dois distritos e também a irmandade de 26 anos dos Rotary Clubs de Maringá Colombo e Ciudad Del Este, dos quais os dois governadores são sócios respectivamente, Mauro e Julian. Uma ampla estrutura com sistema de painéis de led, sonorização, iluminação e transmissão da Conferência Internacional Sem Fronteiras foi montada para deixar o evento mais atrativo e dinâmico. Receptores e fones de ouvido foram distribuídos para que os participantes pudessem acompanhar a tradução simultânea em seus idiomas de origem o conteúdo das palestras. Três câmeras profissionais transmitiram a Plenária para os dois painéis instalados e aqueles que não puderam comparecer assistiram ao vivo a Conferência via Facebook. A fan page do Distrito (www.facebook.com/rotary4630) teve um alcance de quase 25 mil pessoas, 98 novas curtidas, 9.447 envolvimentos com as publicações (número de vezes que as pessoas interagiram por meio de curtidas, comentários e compartilhamentos) entre 29 de maio e 4 de junho, tudo de forma orgânica. As fotos dos acontecimentos também foram disponibilizadas tão logo eram registradas, na fan page do Distrito, para que a família rotária pudesse compartilhar e postar em suas mídias sociais. Dados: 1358 Participantes 1001 Pessoas compareceram ao Coquetel 1170 Pessoas participaram do Almoço 1004 Pessoas Prestigiaram o Jantar de Gala Entre os palestrantes o governador 14-15 do Distrito 5330 da Califórnia, Estados Unidos, Chehab Elawar, um dos principais conhecedores de como realizar Projetos de Subsídios Globais; Maria Soledad Nuñez Méndez, Ministra Secretária Executiva da Secretaria Nacional de Habitação e Habitat (SENAVITAT) do Paraguai; Silvio Barros Magalhães II, Engenheiro Civil com especialização na área Sanitária e Ambiental; Vanderlei Cordeiro de Lima, ex-maratonista olímpico; Ricardo Soavinski, presidente da Sanepar; Francisco Pedro Lanik, Diretor de Coordenação da Itaipu e Antonio Hallage, Diretor 09-11 do Rotary International e ex-diretor da Sanepar. Os governadores Alberto Baccarim (Distrito 4710), Mauricio de Agostinho Antonio (Distrito 4510) e Rafael Lobato de Mattos e Boulhosa (4720) prestigiaram a Conferência Internacional Sem Fronteiras para a alegria dos anfitriões Mauro e Julian. O evento teve como patrocinadores: Itaipu Binacional, Sanepar, Coamo, Sancor Seguros, Sicoob e Unicesumar. Para acessar as fotos da Conferência, basta acessar o link no facebook: https://www.facebook.com/pg/rotary4630/photos/?tab=albums

Postado em 21 de Junho de 2018 por

Rotarianos conhecem instalação do Cacam e se surpreendem

Os rotarianos que fazem parte do Rotary Club de Marília-Pioneiro, no Distrito 4510 do Rotary International, estiveram pessoalmente visitando as instalações do Centro de Apoio a Criança e ao Adolescente de Marília (Cacam), quando foi realizada uma das reuniões ordinárias semanais na própria sede da entidade filantrópica. De acordo com a presidente do clube rotário local, a advogada Angela Cecília Giovanetti Teixeira, a ideia foi de realizar a reunião no local para facilitar a visitação dos rotarianos. “Desta forma todos os associados puderam ver e conhecer melhor essa entidade que desfruta de grande respeito na comunidade mariliense”, comentou a dirigente rotária ao marcar a reunião no local e conhecer todas as instalações da entidade. Há 23 anos o Cacam é administrado por rotarianos do Rotary Club de Marília de Dirceu, e atualmente tem potencial para atender 52 crianças no total, além de mais 12 recém nascidos. A entidade existe para atender lei federal que obriga o município ter uma entidade para cuidar de crianças em estado de risco, diante das complexidades familiares seja por miserabilidade, violência, drogas ou abandono. “As crianças chegam aqui sempre assustadas”, disse o presidente órgão municipal, Hederaldo Joel Benetti, eu está na entidade há muitos anos ocupando diversos cargos na instituição e no Rotary Club. “As necessidades são muitas, mas a ajuda da comunidade sempre acontece de diversas formas”, falou ao elogiar insistentemente o Supermercado Tauste que tem uma colaboração permanente oferecida ao Cacam. “Não sei o que seria da entidade sem o Tauste”, disse Hederaldo Joel Benetti, ao lembrar que a instituição tem apenas dois recursos: o Supermercado Tauste e os Governos: Municipal, Estadual e Federal. “Só que a verba pública é instável, enquanto que o Tauste é seguro”, disse ao lembrar que desde Dezembro não recebe qualquer ajuda financeira, com mais de R$ 200 mil de verba governamental que ainda não chegou. Instalado numa área de 980 metros quadrados, o Cacam recebe apoio de diversas entidades, inclusive do Rotary International e da The Rotary Foundation, através dos oito clubes rotários marilienses, que se revezam entre uma atividade e outra e sempre procuram beneficiar a instituição infantil. “Nós mesmos, do Pioneiro, contribuímos recentemente com uma verba, através da nossa Costelada Solidária, realizada dias atrás”, recordou Angela Cecília Giovanetti Teixeira que ficou encantada com o que viu e presenciou. “É um bom gosto, uma limpeza e uma organização admiráveis”, disse a advogada rotariana ao ver as instalações internas e externas da creche. Primando pela seriedade, respeito ao ser humano, zelo pelo bem público e ainda sensível a causa humanitária, a diretoria da Cacam conta com todas as certidões negativas de filantropia e assistência social, podendo gerar convênios, recebimentos de verba e descontos em impostos de doadores. “Os rotarianos são as bases e a comunidade são as ferramentas”, definiu Hederaldo Joel Benetti com mais de 20 anos de envolvimento na entidade, falando sobre a manutenção da entidade. “Como é bom saber que a cidade tem uma instituição tão bem organizada”, elogiou a industrial Vera Lúcia Marques da Costa. “Não fazia ideia de que o Cacam fosse tudo isso”, admitiu a comerciante Lúcia Helena Zanella Lima. “Agora não é ouvi falar, eu vi que o Cacam faz um trabalho sério”, afirmou a médica veterinária Monaliza Andréa Salemme Marega. “Saber que crianças são recebidas num local tão acolhedor, nos faz sentir bem”, comentou a empresária Mayra Di Manno. #Eficaz Comunicação Empresarial Ltda – METelefone:(14) 98137.7189 (Vivo) E-mails: redacao@eficaz.jor.br ou atendimento@eficaz.jor.brSite: www.eficaz.jor.br - Twitter: marciocmedeirosSkype: marciomedeiros8020www.facebook.com/EficazComunicacaoEmpresarial

Postado em 19 de Junho de 2018 por

Reuniões Segundas-Feiras | 20:30
Rua Margarido Pires,1-A